Como ajudamos a protegê-lo(a) de esquemas fraudulentos e fraude pessoal

Tal como no mundo offline, existem vigaristas e ataques fraudulentos na Internet. A Google toma várias medidas para ajudar a evitar que seja vítima de esquemas fraudulentos.

Banir anúncios maliciosos (e anunciantes maliciosos)

Temos políticas muito claras acerca de quem pode apresentar anúncios através das ferramentas da Google. Concebemos as nossas políticas de anúncios com a segurança e confiança do utilizador em mente. Por exemplo, não permitimos anúncios para transferências maliciosas, produtos contrafeitos ou anúncios com práticas de faturação duvidosas. E se encontrarmos um anúncio que é um esquema fraudulento, não nos limitamos a banir o anúncio, banimos o anunciante para que nunca mais possa trabalhar com a Google novamente.

Ser claro acerca dos custos

Uma das formas através das quais os criminosos online ganham dinheiro é pela utilização do computador ou telemóvel de alguém para fazer algo que custa dinheiro a essa pessoa e dá dinheiro ao criminoso. Por exemplo, um desses esquemas é criar uma aplicação que pode fazer com que o telemóvel de alguém envie SMS ou ligue para uma linha de chat paga, que depois cobra dinheiro a essa pessoa e é recolhido pelo falsário.

Em telemóveis com tecnologia Android, pode ver o que uma aplicação irá pedir para fazer com o seu telemóvel vendo a descrição no Google Play que diz "permissões". Consulte estas informações antes de transferir uma aplicação para ajudar a decidir se a pretende instalar ou não. Por exemplo, se estiver prestes a transferir uma nova aplicação de toque, pode ver se essa aplicação irá efetuar chamadas telefónicas em seu nome. Se achar que isso é suspeito, pode decidir não instalar a aplicação.

Para os dispositivos Android mais recentes, iremos informá-lo(a) se uma aplicação tentar enviar SMS para um número de telefone que pode levar a custos adicionais. Pode então escolher se pretende permitir que a aplicação envie a mensagem ou bloqueá-la.